10 coisas inventadas por mulheres que mudaram o mundo para melhor

As mulheres são muito resilientes e estão acostumadas a lidar com as dificuldades que encontram no mercado de trabalho e na vida quotidiana em geral. Por essas e outras razões, é surpreendente saber quais invenções importantes ainda usamos nos tempos modernos e que foram desenvolvidas por mulheres corajosas, que sem dúvida foram em sentido contrário em relação aos padrões da época em que viviam e assim nos deixaram um enorme legado.

Objectos como seringas, limpa pára-brisas e o Kevlar (a fibra resistente usada em coletes à prova de bala), entre muitas outras, foram criadas por mulheres muito à frente do seu tempo. Por isso, reunimos hoje aqui algumas dessas criações maravilhosas que tão úteis são no nosso quotidiano.

10. Limpa pára-brisas

Esta tecnologia que é indispensável para garantir uma boa visibilidade aos motoristas em dias de chuva, foi criada e patenteada por Mary Anderson em 1903, que teve a ideia de conduzir no meio de uma nevasca, percebendo nesse dia a dificuldade e a importância de manter o pára-brisas limpo.

9. Filtro de café

Melitta Bentz, uma dona de casa, descobriu que a limpeza dos filtros de café de pano usados ​​na época era extremamente fastidiosa. Então, ela decidiu tentar descobrir uma nova maneira de filtrar a popular bebida. Depois de fazer alguns testes, decidiu pegar numa lata e fazer vários furos nesta. Pegou numa folha de papel do caderno do seu filho, filtrou a bebida e o resultado foi incrível. Melitta registou a patente em 1908 e logo depois disso, começou o seu próprio negócio. Anos depois, durante a Primeira Guerra Mundial, a empresa enfrentou muitas dificuldades, mas conseguiu crescer apesar de tudo. Melitta também estava preocupada com o bem-estar dos seus funcionários, por isso decidiu aumentar a temporada de festas, reduzir o horário de trabalho, dar-lhes um bónus de Natal e criar um fundo social. Hoje, a empresa continua forte e é gerida por membros da família.

8. Seringa

Uma enfermeira americana, Letitia Mumford Geer, foi responsável pela criação da primeira seringa operada por pistão, produzida em 1899. Esse implemento permitiu que os médicos operassem tudo com uma mão. Sem dúvida, foi uma inovação importante no campo da saúde e foi estendida a muitos outros sectores, além de servir como ponto de partida para a seringa que conhecemos hoje.

7. Fraldas descartáveis

Marion Donovan criou a primeira fralda descartável resistente a líquidos. A ideia surgiu logo após a Segunda Guerra Mundial, quando ela se dedicou totalmente à sua vida familiar e atividades domésticas. Com uma máquina de costura e uma cortina de chuveiro, ela conseguiu criar o seu primeiro protótipo. Donovan também inventou alças de plástico para substituir os alfinetes das fraldas.

6. Máquina de lavar loiça

Josephine Cochrane construiu a primeira máquina de lavar loiça em 1886. Alguns anos depois, ela conseguiu atrair o interesse de empresários de restaurantes durante uma feira em Chicago, mas a máquina só ganhou importância real na década de 1950, período em que se tornou mais acessível aos consumidores.

5. Monopólio

A designer Elizabeth J. Phillips foi a criadora do Monopólio, o famoso jogo de tabuleiro. Inicialmente, a ideia era transmitir a noção de economia e demonstrar o quanto o sistema capitalista era prejudicial. O jogo, patenteado em 1904, foi vendido como se tivesse sido projectado por Charles Darrow. Felizmente, depois de conhecer o verdadeiro criador, a empresa procurou uma maneira de compensar Lizzie Magie, como era chamada.

4. Barco salva-vidas

Após o sucesso da sua invenção para acelerar a produção de barris, Maria Beasley decidiu criar um barco salva-vidas mais compacto, seguro, resistente ao fogo e fácil de usar. Foi então, em 1880, que ela desenvolveu o novo design. O que ela nunca imaginou foi que, anos depois, os seus botes salva-vidas ajudariam a salvar muitas pessoas no naufrágio mais famoso do mundo: o Titanic.

3. Vidro invisível

Katharine Burr Blodgett foi a primeira mulher a ganhar um Ph.D. em física na Universidade de Cambridge, em 1926. Anos depois, ela inventou o vidro de baixa refletividade (vidro invisível), que ajudou a melhorar a câmera, o microscópio e outras tecnologias. A sua invenção foi usada até para filmar o famoso filme E Tudo o Vento Levou.

2. Kevlar

Stephanie Kwolek, que tinha um Ph.D. em química, foi a criadora da fibra extremamente forte conhecida como Kevlar. Essa fibra pode ser até 5 vezes mais forte que o aço e é usada para fazer coletes à prova de bala e muitos outros produtos.

1. Rede sem fios (precursora do Wi-Fi)

A atriz e inventora Hedy Lamarr desenvolveu, em parceria com o seu amigo e compositor George Antheil, uma tecnologia conhecida como precursora do Wi-Fi. A sua ideia permitiu o controle remoto de torpedos, bem como a prevenção da sua interceptação por inimigos, alterando a frequência dos sinais de rádio numa banda espectral. No entanto, naquela época, a Marinha dos Estados Unidos não queria implementar a invenção, que só começou a ser usada muitos anos depois. Felizmente, no final dos anos 90, a dupla recebeu um grande prémio pela descoberta.

Comentários
Loading...