“As pessoas mais tristes esforçam-se sempre ao máximo para fazerem os outros felizes.” 15 lições de Robin Williams

Perdemos Robin Williams em 2014, e essa ferida ainda não sarou. Mas o que nunca perderemos é o seu talento, a sua inteligência e o seu sentido de humor, bem como o grande número de personagens inesquecíveis que ele representou nos seus filmes.

Nunca deixaremos de admirar Robin Williams e o seu génio aqui na nossa página, e hoje queremos relembrar algumas preciosas lições de vida do nosso ator e dos seus personagens de cinema.

1. Escolhe as pessoas certas.

“Eu pensava que a pior coisa da vida era acabar sozinho. Não é. O pior da vida é acabares com pessoas que te fazem sentir sozinho.”

2. Aprende a ver o que se esconde por trás do sorriso de alguém.

“Acho que as pessoas mais tristes esforçam-se sempre ao máximo para fazerem os outros felizes, porque sabem como é sentirem-se absolutamente inúteis e não querem que mais ninguém se sinta assim.”

3. Há sempre uma lição de vida preciosa por trás de qualquer acidente.

“Vais ter sempre momentos ruins, mas esses maus momentos vão fazer com que acordes para coisas que até então não tinhas prestado atenção.”

– Robin Williams como Sean Maguire em O Bom Rebelde

4. Escuta o teu crítico interior sempre em primeiro lugar.

“É difícil quando lês um artigo dizendo coisas más a teu respeito. É como se alguém estivesse a enfiar uma faca no teu coração. Mas sou o crítico mais severo do meu trabalho.”

5. Não te preocupes assim tanto.

“Por favor, não te preocupes tanto. Porque no final, nenhum de nós terá muito tempo nesta Terra. A vida é passageira. E se estiveres angustiado, olha para o céu de verão, quando as estrelas estão espalhadas pela noite aveludada.”

– Robin WIlliams como Jack Powell em  Jack

6. A vida começa quando completas 50 anos.

“Eu tive a minha crise de meia idade por volta dos 30 anos. Mas quando atingi os 50, senti-me melhor do que nunca. É a melhor fase da vida, literalmente. As coisas ficam melhores e chegam a um ponto em que não é mais uma luta. ”

7. Às vezes, a decisão certa vale mais do que 100 erros.

“O que é certo é o que resta se fizeres tudo errado.”

8. Não te arrependas das tuas escolhas.

“Algumas vezes, sobre coisas que fiz, filmes que não saíram muito bem – eu questionei-me: ‘Por que aceitaste fazer isto?’ Mas no final, não posso me arrepender, porque conheci pessoas incríveis. Há sempre algo que vale a pena.”

9. Ninguém é perfeito, mas podemos ser perfeitos uns para os outros.

“- Tu não és perfeito, atlético, e deixa-me poupar-te o suspense: aquela mulher que conheceste, também não é perfeita. Mas a questão é se vocês são perfeitos um para o outro.”

– Robin Williams como Sean Maguire em O Bom Rebelde

10. Não tenhas medo de fazer uma pausa e recarregar baterias.

“Tens a ideia de que é melhor continuar a trabalhar, caso contrário as pessoas vão acabar por te esquecer. E isso é perigoso. E então percebes que não, na verdade, se eu der um tempo, as pessoas podem estar mais interessadas em mim.”

11. Treina a tua imaginação.

“A imaginação funciona por conta própria. Eu cresci sendo filho único, então a imaginação era uma necessidade, como uma espécie de mecanismo de sobrevivência.”

12. Aprecia o que é realmente importante.

“Não sei quanto valor tenho neste universo, mas sei que fiz algumas pessoas mais felizes do que teriam sido sem mim e, desde que eu saiba disso, sou rico o suficiente.”

13. Nunca pares de aprender.

“Ainda há muito a aprender e sempre há grandes coisas por aí. Até os erros podem ser maravilhosos. ”

14. Fala mais, escreve menos.

“Tweets? Isso mata qualquer conversa. E as pessoas a tirarem fotos com o telefone ou a filmarem, às vezes furtivamente, são assustadoras. Aparecem e começam a falar contigo, e tu podes ver a luz vermelha no telefone deles.”

15. Aprecia o que faz de ti quem tu és.

“Só recebes uma pequena centelha de loucura. Não deves perdê-la.”

Comentários
Loading...