Boas notícias: a Austrália encontrou uma maneira de remover da água muita poluição plástica e nós podemos começar a fazer o mesmo

No verão passado, autoridades da cidade australiana de Kwinana instalaram um novo sistema de filtragem na Reserva Henley. Este sistema é incrivelmente simples e útil. Tanto o governo quanto os cidadãos já viram os benefícios de usarem este sistema e estão muito contentes com os resultados.

Nós, da Bastante Interessante adoramos inovações, especialmente aquelas que são ecologicamente certas, por essa razão, queremos contar-te tudo sobre esta simples, mas muito eficaz invenção.

O sistema consiste numa rede que é colocada na saída de um tubo de drenagem e que ajuda a capturar grandes detritos protegendo o ambiente da poluição.

Esses tubos drenam a água de áreas residenciais para os cursos de água mais próximos e o lixo proveniente dessas zonas pode ser em quantidades avassaladoras e muito prejudicial para o meio ambiente. Além disso, este lixo é normalmente arrastado pelas fortes chuvas que conduzem tudo para os sistemas de drenagem.

As autoridades da cidade australiana começaram por instalar duas redes e ficaram espantados com os resultados – o seu novo sistema de filtragem conseguiu evitar que mais de 800 quilos de lixo fossem desaguar no mar no espaço de apenas algumas semanas.

Por isso, decidiu-se instalar essas “armadilhas” de lixo em toda a cidade e assim minimizar a poluição da vida selvagem e do meio ambiente. Embora a instalação e a fabricação dessas redes custem dinheiro (aproximadamente 9000€ cada), o sistema como um todo é bastante lucrativo, pois proporciona economias de custo significativas no futuro. Por exemplo, eles agora economizam nos custos de mão-de-obra pela qual anteriormente tinham de pagar a pessoas que “catavam” manualmente o lixo, não sendo – ainda assim – tão eficazes como as redes.

Quando as redes ficam cheias, elas são levantadas e o lixo é despejado em camiões/caminhões de recolha de lixo especiais e posteriormente transportado para um centro de triagem de lixo. Ali, tudo se separa em material não reciclável e reciclável, que é depois processado.

As redes são então colocadas de volta nas saídas de drenagem e continuam a fazer o seu trabalho.

Este novo sistema de filtragem prova mais uma vez que as pequenas coisas importam e que o foco nelas pode ter um impacto grande e positivo no ambiente e na humanidade em geral.

Comentários
Loading...