Chocolate e vinho tinto ajudam a combater rugas e a manter a pele jovem, dizem cientistas

O chocolate e o vinho tinto são duas verdadeiras paixões globais. Quer seja para comemorar momentos especiais, relaxar um pouco após um longo dia ou aproveitar a companhia de pessoas importantes nas nossas vidas, estes dois são presença assídua na vida de muitas pessoas.

Porém, para além de serem nossos companheiros de vida, também são muito bons para te manteres jovem, afirmam os investigadores.

Os investigadores descobriram que ambos ajudam a rejuvenescer células mais velhas, tornando-as mais jovens e fazendo com que estas se comecem comportar mais como células jovens. Quando envelhecemos, os filamentos de DNA nas nossas células perdem gradualmente os telómeros protetores, que agem como as pontas plásticas no final dos atacadores dos ténis/sapatilhas.

A equipe aplicou compostos baseados em substâncias químicas encontradas naturalmente no vinho tinto, chocolate amargo, uvas vermelhas e mirtilos nas células de laboratório. Os pesquisadores acreditam que o que propicia esse resultado são os compostos flavonoides, que estão presentes no vinho e no chocolate, e são conhecidos pelos seus efeitos antioxidantes e anti-inflamatórios. Poucas horas após o tratamento com os compostos flavonoides, as células mais antigas começaram a dividir-se e originaram telómeros mais longos.  Espera-se que o avanço possa levar a terapias anti-envelhecimento.

A experiência foi realizada diversas vezes pelos pesquisadores e, de acordo com a líder do estudo Eva Latorre, as células rejuvenesceram em todas as experiências.

O trabalho da equipe da Universidade de Exeter, apoiada por pesquisadores da Brighton University, baseia-se nas suas descobertas anteriores.

É uma ótima notícia para os apreciadores de chocolate e vinho, mas é sempre bom lembrar que o consumo deve ser feito com moderação!

A pesquisa foi publicada na revista BMJ Cell Biology.

Comentários
Loading...