Como nasce uma criança

O fotógrafo Lennart Nilsson passou 10 anos de sua vida gravando o crescimento do embrião humano, desde a concepção até ao nascimento.

Foto/reprodução

O mundo começou a ouvir falar de Lennart Nilsson em 1965, quando a revista LIFE publicou 16 páginas das suas fotografias de embriões humanos. As fotografias foram imediatamente reproduzidas no “Stern”, “Paris Match”, “The Sunday Times” e outras publicações. Os microscópios e as câmeras eram a principal paixão de Nilsson, mesmo na infância. Com o tempo, a ambição se formou para mostrar ao mundo a beleza do corpo humano a um nível micro. Ele conseguiu tirar as suas primeiras fotos de um feto já em 1957, mas não tinham qualidade o suficiente para as poder publicar.

Nilsson conseguiu obter as suas fotografias mais precisas com a ajuda de um cistoscópio – um instrumento médico que é usado para examinar o interior da bexiga urinária. Ele anexou uma câmera juntamente com uma pequena luz, e tirou milhares de fotos gravando a vida do embrião no ventre da mãe.

Nilsson produziu algo verdadeiramente maravilhoso: pela primeira vez, as pessoas puderam ver com os seus próprios olhos a concepção e o desenvolvimento mais antigo da vida humana.

 

Foto/reprodução

O espermatozóide se move ao longo da trompa de Falópio em direção ao óvulo.

 

Foto/reprodução

O óvulo.

 

Foto/reprodução

O momento crucial

 

Foto/reprodução

Um dos 200 milhões de espermatozóides do pai penetra na membrana do óvulo.

 

Foto/reprodução

O ponto de vista do espermatozóide. A cabeça contém todo o material genético.

 

Foto/reprodução

Uma semana depois, o embrião migra para o útero flutuando para baixo através da trompa de Falópio.

 

Foto/reprodução

Depois de mais uma semana, o embrião se prende à parede do útero.

 

Foto/reprodução

O embrião no desenvolvimento de 22 dias. A área cinzenta tornar-se-á o cérebro da criança.

 

Foto/reprodução

No décimo oitavo dia de desenvolvimento, o coração do feto começa a bater.

 

Foto/reprodução

28 dias após a fecundação.

 

Foto/reprodução

Às cinco semanas, o feto tem 9 milímetros de comprimento; Já é possível ver o rosto com as suas aberturas para a boca, narinas e olhos.

 

Foto/reprodução

40 dias de desenvolvimento. As células externas do feto juntam-se com a superfície solta da parede do útero para formar a placenta.

 

Foto/reprodução

Às 8 semanas de desenvolvimento.

 

Foto/reprodução

10 semanas. As pálpebras já estão meio abertas. Dentro de vários dias eles serão completamente formadas.

 

Foto/reprodução

Às 10 semanas, o embrião já usa as mãos para estudar o ambiente.

 

Foto/reprodução

16 semanas.

 

Foto/reprodução

As linhas dos vasos sanguíneos são visíveis através da pele.

 

Foto/reprodução

18 semanas. O feto pode agora detectar sons do mundo exterior.

 

Foto/reprodução

19 semanas.

 

Foto/reprodução

20 semanas. O feto tem agora 20 centímetros de comprimento. O cabelo começa a aparecer na cabeça.

 

Foto/reprodução

24 semanas.

 

Foto/reprodução

6 meses.

 

Foto/reprodução

36 semanas. Em um mês, o bebê vai nascer.

O livro de Nilsson, “A Child is Born”, foi publicado em 1965. Esgotou-se em poucos dias e foi reeditado muitas vezes, tornando-se um dos livros de fotografia mais populares de todos os tempos.

Lennart Nillson faleceu a 28 de Janeiro de 2017, com a idade de 94 anos.

Assista ao vídeo que mostra todo o processo, desde a concepção até ao nascimento:

Fonte: Brightside

Comentários
Loading...