Crianças herdam inteligência das mães e não dos pais, de acordo com a ciência

Bom, ao que parece, esta “guerra” são as mulheres que a levam de vencida…

Regra geral, sempre se discute se as crianças são mais parecidas com a mãe ou com o pai, se as suas capacidades físicas e intelectuais são herdadas de um ou de outro, mas afinal? de qual dos progenitores as crianças herdam a inteligência?

É comum ver os pais gabarem as capacidades dos filhos, quer seja a inteligência, a beleza ou as habilidades desportivas. Porém, existe mesmo uma razão científica que suporta a teoria de que os filhos herdam a inteligência das mães e não dos pais…

Existem na verdade múltiplos estudos demonstrando que o cromossoma X é o responsável por transmitir a inteligência aos novos “rebentos”.

Tendo isso em conta, as mulheres são detentoras de dois desses cromossomas (XX), por outro lado, os homens, têm apenas um (XY) – apresentando assim as mulheres o dobro da probabilidade de transmitirem a inteligência aos filhos, ao contrário dos homens. Há vários anos que diversos estudos procuram comprovar esta teoria.

Em especial, uma pesquisa realizada pelo instituto Medical Research Council Social e Public Health Sciences Unit em Glasgow, na Escócia, revelou que o QI das crianças tem tendência a ser semelhante ao das mães.

Os investigadores entrevistaram anualmente um grupo de jovens com idades compreendidas entre os 14 e os 22 anos, tendo em conta várias ciscunstâncias tais como a educação e o estado socioeconómico.

A conclusão não deixou margem para dúvidas: as mulheres são o melhor indicador de inteligência – pois o QI dos mais novos variava apenas 15 pontos. Mesmo assim, outros investigadores sublinham que a genética não é o único fator determinante.

De acordo com a publicação Psychology Spot, estima-se que apenas entre 40 a 60% da inteligência seja hereditária e que o resto tenha influências ambientais.

Via Notícias ao Minuto

Comentários
Loading...