Empresa japonesa cria sacos de chá em formato de criaturas que “ganham vida” dentro da tua chávena

Não existe nada mais agradável do que uma deliciosa xícara de chá depois de um longo dia de trabalho. Muito embora a indústria do chá e a própria cultura em volta da bebida estejam em franca expansão, o design tradicional do saquinho de chá não mudou muito ao longo dos anos e está definitivamente na hora de adotar uma abordagem mais criativa nas embalagens comuns de chá. É neste campo onde a empresa japonesa, Ocean Teabag, entra em cena com os seus adoráveis ​​saquinhos de chá que definitivamente te vão fazer desejar beber uma xícara de chá agora mesmo.

A marca Ocean Teabag juntou-se a uma loja especializada na venda de “artigos estranhos” e a uma livraria, a Village Vanguard, para criar uma série de saquinhos de chá com temas associados aos animais.

Estes saquinhos de chá originais incluem medusas, polvos, isópodos (pequenos crustáceos achatados dorso-ventralmente e sem carapaça) e até mesmo alguns animais terrestres como o tanuki ou cão-guaxinim japonês.

Uma vez colocados dentro da chávena, os saquinhos de chá dão a impressão de que uma criatura está a nadar no teu chá. Algo que vale a pena fotografar caso sejas um acérrimo fã da rede social Instagram.

Os saquinhos de chá custam 1.820 ienes, o que equivale a cerca de 14€. A empresa começou há três anos e o seu primeiro projeto foi um saquinho de chá em formato de golfinho que mais tarde se transformou em designs mais exclusivos. Atualmente, a equipe é composta por 10 pessoas, mas parece que com a popularidade que estão a ganhar, talvez esta cresça em breve.

O saquinho de chá em forma de lula, por exemplo, é preenchido com chá preto Puer (um Chá “pós-fermentado” – envelhecido – cujo nome vem do condado de Pu’er em Yunnan, na China) e que foi inspirado na tinta de lula e que também tem sabor adocicado por causa da adição de caqui, também conhecido como dióspiro. Enquanto isso, o saquinho de chá em formato de polvo é preenchido com chá de Keemun.

Embora o polvo e o chá em forma de lula sejam os mais populares entre os compradores, há também outras opções adoráveis, como um saquinho de chá em forma de pinguim que é preenchido com chá de camomila.

Quando se trata da tradição de beber chá, os registos afirmam que a mundialmente famosa bebida foi servida pela primeira vez no Japão pelo Imperador Shomu no ano 729, durante uma cerimónia budista muito especial.

No início, o chá estava associado à nobreza japonesa e era considerado um tipo de medicamento. No entanto, após o chá se ter popularizado no final do século 16, a bebida acabou por se tornar um néctar muito apreciado tanto por nobres como por plebeus. Em 1859, o chá finalmente se tornou algo para ser usado todos os dias e não apenas em raras ocasiões. Uma curiosidade: as folhas de chá no Japão costumavam ser tediosamente enroladas à mão até ao século XIX. Era um trabalho chato que restringiu seriamente a produção de chá. No entanto, as coisas acabaram por mudar para melhor com os avanços tecnológicos.

No Japão, o chá é massivamente consumido devido aos seus benefícios para a saúde. Infelizmente, a produção japonesa de chá está em baixa, o que significa que da próxima vez que queiras saborear um delicioso chá japonês, talvez tenhas simplesmente que viajar para a Terra do Sol Nascente.

Comentários
Loading...