Londres vai ter a primeira piscina infinita do mundo com uma vista de 360 graus

A primeira piscina de borda infinita de 360 ​​graus do mundo vai ser construída no topo de um arranha-céus londrino de 213 metros de altura

Piscinas que literalmente desafiam a morte estão, aparentemente, prestes a tornarem-se a nova tendência arquitectónica do centro de Londres.

Isto de acordo com uma empresa que projetou a primeira piscina de borda infinita de 360 ​​graus do mundo, que ficará em cima de um arranha-céus de 55 andares e 213 metros de altura, chamado Infinity London.

A piscina de 600.000 litros terá laterais de acrílico transparentes e um piso também ele transparente, para que as pessoas abaixo possam ver os nadadores acima.

Acima uma renderização virtual mostrando “a primeira piscina infinita de 360 ​​graus do mundo” que será construída sobre um novo arranha-céus de 55 andares, em Londres

A piscina e o edifício foram desenvolvidos pela Compass Pools, empresa sediada em West Sussex.

A piscina é feita de acrílico moldado ao invés de vidro, já que este material “transmite a luz num comprimento de onda similar à água para que a piscina fique perfeitamente translúcida”, diz a empresa.

Os nadadores terão acesso a esta através de uma escada em espiral rotativa baseada na porta de um submarino, subindo à superfície através chão da piscina quando alguém quer entrar ou sair.

Outros recursos técnicos avançados incluem um anemómetro integrado para monitorizar a velocidade do vento.

Todo o sistema será controlado por computador para garantir que a piscina permaneça na temperatura certa e a água não seja expelida para as ruas abaixo.

O sistema de aquecimento da piscina usará energia residual do sistema de ar condicionado do edifício.

O piso da piscina será transparente, permitindo que as pessoas olhem para cima e vejam os nadadores e o céu.

O gás quente produzido como subproduto do sistema de refrigeração do prédio será usado para aquecer a água da piscina.

O designer e diretor técnico da piscina da Compass Pools, Alex Kemsley, disse: “Os arquitetos procuram-nos frequentemente para projetarmos piscinas de borda infinita em telhados, mas raramente conseguimos opinar sobre o projeto do prédio porque a piscina é, regra geral, uma decisão tardia.

“Mas neste projeto, nós começamos tudo ao contrário e essencialmente dissemos: ‘como colocamos um prédio por baixo da piscina?’

‘Quando projetamos a piscina, queríamos uma visão ininterrupta, tanto acima quanto abaixo da água.

A piscina é feita de acrílico fundido ao invés de vidro, já que este material transmite a luz num comprimento de onda similar à água, então a piscina ficará perfeitamente translúcida, de acordo com a Compass Pools.

‘Enfrentámos grandes desafios técnicos para delinear este edifício, o maior deles era como realmente entrar na piscina.

“Normalmente, uma escada simples seria suficiente, mas não queríamos escadas do lado de fora do prédio ou da piscina, pois isso estragaria a vista – e obviamente não se pretendia ter 600.000 litros de água escorrendo também pelo prédio, à medida que as pessoas saíssem e entrassem da água.”

“A solução é baseada na porta de um submarino, juntamente com uma escada em espiral rotativa que sobe do chão da piscina quando alguém quer entrar ou sair – o corte absoluto da piscina e do design do edifício é um pouco ao estilo de James Bond.

A construção no Infinity London pode começar já no próximo ano se todos os parceiros e empreiteiros forem confirmados.

A Compass Pools  diz que terá um hotel internacional cinco estrelas nos andares mais altos e a piscina será usada pelos hóspedes.

Comentários
Loading...