O primeiro carro voador do mundo estará à venda no próximo mês

Noticiado no Correio da Manhã; A partir do próximo mês, (Outubro de 2018) as pessoas poderão oficialmente pré-encomendar um dos primeiros carros voadores a existir. A publicidade em torno do modelo parece indicar que, em algum momento no futuro próximo, todos estarão aos comandos de carros voadores. Ou melhor ainda, as pessoas terão carros que mudam entre a estrada e os céus.

Os veículos estão a ser produzidos por uma grande corporação que os faz através de uma pequena empresa, a Terrafugia, que pertence  ao grupo chinês Geely. O carro voador tem o nome de “Transition”. Segundo a empresa, o veículo pode voar por até 400 milhas, atingindo uma velocidade máxima de 320 quilómetros por hora. 300km/h é certamente muito mais rápido do que outros veículos, e a natureza tridimensional de subir e descer com um veículo é simplesmente incompreensível.

Eles estão a tentar construir antecipadamente os veículos porque, de acordo com um artigo “Ainda não há um preço definido, mas você pode seguramente assumir que, se tiver que perguntar, provavelmente não poderá pagar por um. De acordo com a agência de notícias chinesa Xinhua, eles farão pré-encomendas a partir de Outubro.”

(Crédito da imagem:  Terrafugia / Barcroft )

O Transition, propriedade do grupo chinês Geely, é um veículo movido a electricidade híbrida, com muitos recursos normais para veículos, provavelmente facilitando a sua fabricação, e provavelmente permitirá que estes se tornem comuns rapidamente.

Aparentemente, neste momento, as pessoas vão precisar de algum tipo de licença para que os carros/aviões sejam operados legalmente.. Isto de acordo com alguns relatórios, nos quais não especificam sobre o país em que pretendem iniciar a comercialização. Até que algum tipo de regulamentações novas e abrangentes sejam postas em lei, o que não será uma visão bonita, a lei provavelmente só permitirá que pessoas que voam em aviões ou helicópteros os usem legalmente na estrada.

(Crédito da imagem:  Terrafugia / Barcroft )

De acordo com o Lad Bible

“Com isso em mente, a empresa que acredita que pode ser de grande utilidade para os pilotos que podem assim levar o aparelho para um aeroporto pequeno e depois basta dobrar as asas e levá-lo para casa. É um modelo de negócios ambicioso. No entanto, se você estiver nesse pequeno grupo de pilotos que pensa constantemente “Eu gostaria de não ter que sair do meu avião para ir para casa”, então este é o veículo para você”.

O carro voador é capaz de atingir uma altitude de cerca de 3000 metros, pesando apenas 600kg. A companhia  tem intenções de introduzir uma versão de quatro portas do veículo conhecido como TF-X depois que não exigirá um aeroporto por levantar voo e aterrar.

A empresa explicou: “O TF-X não exigirá um aeroporto para levantar voo e aterrar, e poderá circular em todas as estradas – proporcionando a conveniência do verdadeiro transporte porta-a-porta.”

O CEO da Terrafugia, Chris Jaran, disse que “desenvolver esta nova tecnologia permitiu-nos testar vários mecanismos diferentes e gerar melhorias no processo ao longo do processo. Estamos no ponto crítico em que podemos implementar os melhores recursos de design com base em anos de testes de voo e de acionamento. Isso irá melhorar a função, a segurança e a estética para uma ótima experiência de voo e condução.”

Há uma séria ameaça que pode surgir da inevitável popularização de uma tecnologia como esta: é uma janela para o estado desencadear uma nova era de regulamentações e restrições às pessoas. Toda uma série de novos poderes pode ser concedida às autoridades, desde a polícia aos legisladores, com o advento de uma coisa tão abrangente e transformadora da sociedade.

A Geely emprega mais de 60.000 trabalhadores, a nível mundial, e vendeu em 2016 mais de 1,3 milhão de veículos. A empresa detém a marca automóvel sueca Volvo.

Fonte: anonews.co 

Comentários
Loading...