Os 11 destinos turísticos mais perigosos do mundo

Hoje, trazemos para você uma lista de alguns dos locais mais perigosos e emocionantes do planeta.

Se você é daquelas pessoas aventureiras e que prefere umas férias em busca da aventura e com algum perigo à mistura ao invés da tradicional busca pelo sol e pelas praias, então esses lugares são a sua cara.

1. Vale da Morte, EUA

© Tpsdave

Se a Terra é a nossa casa, então o Vale da Morte é o seu quente forno quente. Este deslumbrante deserto detém o recorde da maior temperatura já alguma vez registrada em nosso planeta, 56ºC. Não importa o quão duro e resistente você seja, o sol ardente e o calor abrasador do Vale da Morte irão deixá-lo exausto muito rapidamente. Sem água, você pode viver aqui por apenas 14 horas.

2. O deserto de Danakil, Eritreia

© (c) V  

Com temperaturas que frequentemente atingem 50ºC, numerosos vulcões ativos, géiseres que expelem gases tóxicos – é difícil imaginar uma paisagem mais brutal que o deserto de Danakil, em África. A maioria das pessoas provavelmente consideraria este lugar terrível um “Inferno na Terra”, literalmente, mas ainda atrai muitos aventureiros valentes de todo o mundo. Apenas tenha em mente que visitar o deserto de Danakil por conta própria, sem um guia experiente, é estritamente proibido.

3. Monte Washington, EUA

© The Pilot’s-Eye View

O cume do Monte Washington detém o recorde mundial dos ventos mais rápidos na superfície da Terra. A maior velocidade registrada é de 327 km/h. Os ventos fortes, no entanto, não são a única preocupação nesta área – as temperaturas de congelamento que podem cair tão baixas quanto 40 graus negativos e nevões contínuos e densos fazem do Monte Washington um lugar muito perigoso. Apesar da sua “modesta” altura de 1,917 metros – o Monte Washington é um dos picos mais mortíferos do mundo. As cargas que o corpo humano experimenta no topo dele podem ser comparadas às que experimentaria no pico do Monte Evereste.

4. Vulcão Sinabung, Indonésia

© Gonzalo Saenz de Santa Maria Poullet 
© M.Jacobs  

Este é um vulcão ativo situado na ilha indonésia de Sumatra. As erupções ocorrem com muita frequência, muitas vezes deixando milhares de pessoas sem abrigo ou sem meios de subsistência. As cidades e aldeias próximas foram completamente cobertas de lava e cinza várias vezes: as mais recentes em 2010, 2013, 2014 e 2015. A última explosão ocorreu em 27 de fevereiro de 2016. Essa erupção ejetou uma nuvem mortal de gás vulcânico, pedras e cinzas até uma altura de 2.500 metros. E ninguém sabe o que pode acontecer amanhã.

5. Ilha da queimada grande (ilha da serpente), Brasil

© Joao Marcos Rosa  

Fica ao largo da costa do Brasil, esta ilha é amplamente reconhecida como um dos lugares mais perigosos do planeta. A razão para isso é bastante simples – este lugar está cheio de uma das cobras mais venenosas do mundo, a Bothrops. Os pesquisadores estimam que cerca de cinco cobras por metro quadrado vivem na ilha. Existem várias histórias de pessoas que foram até à ilha e sucumbiram. Uma dessas histórias relata o que se passou com um trabalhador do farol daquela ilha e a sua família, que foi atacada pelas cobras e morreu. O farol da ilha das cobras foi automatizado após essa fatalidade, o governo brasileiro proíbe qualquer visitante de colocar lá os pés.

6. Parque Nacional Madidi, Bolívia

© Jess Kraft  

À primeira vista, este lugar parece muito pitoresco, mas na verdade é muito perigoso. Qual o motivo? Porque é o lar da fauna mais venenosa e agressiva do mundo: o contato com qualquer uma das plantas que crescem neste parque pode causar prurido grave, erupção cutânea e tonturas. Qualquer corte, ou mesmo uma pequena ferida, pode se infectar com parasitas tropicais.

7. Vale da Morte, Kamchatka, Rússia

© (с) Igor Shpelenok  

A península de Kamchatka, no Extremo Oriente russo, também tem o seu próprio Vale da Morte. As altas concentrações de gases tóxicos encontrados nesta área representam uma séria ameaça para todos os seres vivos: as plantas e os animais morrem rapidamente, enquanto as pessoas logo começam a se sentir mal e sentem febre, tonturas e frio.

8. Atol de Bikini, Ilhas Marshall

© (с) Pixabay  

Perdida no meio do oceano, esta ilha parece um paraíso, não é? Mas a Atol de Bikini foi lugar de inúmeros programas de testes nucleares que transformaram a pitoresca ilha de Bikini em um lugar extremamente radioativo. Os habitantes foram obrigados a abandonar as suas casas e, mesmo hoje, ainda é um lugar perigoso para os organismos vivos: o nível de radiação anormalmente alto registrado aqui pode causar câncer/cancro.

9. Elephant Kingdom (Reino dos Elefantes), em Chonburi, Tailândia

© Jon Nok / SWNS  

o Elephant Kingdom, na Tailândia, existe uma espécie de “santuário” de crocodilos, no qual o proprietário arrenda um pequeno espaço numa jangada semi-fechada para que os turistas vejam, e ALIMENTEM os crocodilos! A jangada é uma madeira fina equilibrada em barris de plástico com uma vedação em volta. As pessoas entram no recinto e recebem varas de pesca para alimentarem os crocodilos. Eles usam pedaços de carne anexados às hastes e balançam as hastes até às bocas dos crocodilos. Os répteis então, saltam da água para apanharem a carne. Há turistas que também provocam os crocodilos, situação que já deu origem a alguns dissabores.

10. Depressão de Afar, Etiópia

© Matthew and Heather  

O vulcão Erta Ale, na região de Afar, na Etiópia, é um dos vulcões mais perigosos do planeta. Pequenos terremotos são sentidos constantemente na região, formando numerosos abismos profundos. Isso acontece porque a Erta Ale contém dois lagos de lava no topo da cratera. A quantidade de lava neles está em constante mudança, fazendo com que a superfície da Terra se agite para cima e para baixo.

11. Lago Natron, Tanzânia

© Bildagentur Zoonar GmbH

ode parecer uma paisagem extraterrestre, mas essa imagem surreal é na verdade a foto do lago Natron, na Tanzânia. A crosta de sal alcalina na superfície do lago é tão perigosa que todas as criaturas vivas morrem apenas entrando em contato com ela. Por razões óbvias, nadar neste lago é estritamente proibido e o forte odor de sulfato de hidrogénio proveniente da superfície do lago não permitirá admirar o cenário deslumbrante por muito tempo.

Via Brightside.

Comentários
Loading...