Tartaruga declarada extinta ‘renasce’ num templo hindu na Índia

A tartaruga Bostami foi declarada extinta pela ciência há 17 anos atrás. Porém, alguns exemplares da espécie foram preservados em segredo num templo hindu na Índia, onde as tartarugas são bem tratadas e alimentadas pelos guardiões do templo.

Como consequência da perda dos seus habitats naturais e à sua exploração excessiva como fonte de alimento, a espécie tinha já desaparecido do estado de Assam, no nordeste da Índia, fazendo com que União Internacional para a Conservação da Natureza tivesse declarado a espécie “extinta da natureza” em 2002.

Foto: Reprodução/The Independent

“A população de tartarugas em geral no estado de Assam diminuiu enormemente nos últimos anos”, disse a veterinária Jayaditya Purkayastha. “É necessário uma intervenção urgente ou muitas espécies serão extintas em breve, no curto prazo.” Ativistas pelos direitos dos animais e também pessoas que se dedicam à conservação da natureza, têm vindo a dedicar muito do seu tempo a montar e manter criadouros de tartarugas, em espécies de “santuários” onde estas podem viver e reproduzir-se em segurança.

Há bem pouco tempo, os guardiões do templo firmaram uma parceria com o grupo conservacionista Good Earth a fim de lançar oficialmente um programa de criação de tartarugas como meio de as reintroduzir na natureza. Os esforços deram frutos em janeiro último, quando a organização libertou com sucesso 35 filhotes de tartaruga nas águas de um santuário de vida selvagem local, 16 deles criados no templo.

“Este é um marco na história da conservação de tartarugas de Assam, e não teria sido possível sem o interesse demonstrado pelas autoridades do templo no programa de reprodução artificial”, disse a veterinária Jayaditya Purkayastha.

O grupo de guardiões do templo e ativistas trabalha agora para expandir o programa de criação de tartarugas Bostami para outras 18 lagoas em redor do templo, expandindo assim o seu habitat natural.

Boas notícias!

Comentários
Loading...