Uma mulher do Uganda que deu à luz 44 filhos revela como é a sua vida

Muitas vezes, não sabemos sequer como lidar com uma ou duas crianças, a maioria dos jovens pais e mães por vezes é assim que se sentem, sem saber como lidar com os filhos. O que achas de alguém com 38 filhos? Não, isto não é uma piada. Esta mulher de 39 anos, do Uganda, deu à luz 44 crianças. Perdeu 6, o que faz com que tenha 38 crianças por baixo do mesmo teto.

Esta mulher é incrível! E por isso decidimos trazer a sua história até ti.

O nome dela é Mariam Nabatanzi, e a vida não tem sido fácil para esta mulher. Quando tinha apenas 13 anos, os seus pais venderam-a a um homem 27 anos mais velho. No Uganda, estes ‘casamentos’ são comuns, mas Mariam nem sabia o que estava a acontecer até ter sido deixada na casa do homem. Um ano depois, ela teve os seus primeiros bebés, gémeos, no ano seguinte, trigémeos e no ano seguinte: quádruplos.

Sendo apenas uma adolescente, Mariam considerou o casamento uma jornada difícil. “O meu marido teve muitos filhos dos seus relacionamentos anteriores e eu tive que cuidar deles, porque as suas mães estavam espalhadas por todo o lado. Ele também era muito violento e batia-me em qualquer oportunidade que tivesse, mesmo quando sugeria uma ideia qualquer de que ele não gostasse .” Disse ela.

Houve um momento em que Mariam já tinha 23 filhos e decidiu que já era o suficiente e perguntou aos médicos se algum procedimento poderia ser feito para que ela não tivesse mais filhos. Mas, após um exame exaustivo, os médicos disseram que ela tinha uma alta contagem de óvulos e que qualquer procedimento colocaria a sua saúde e até a sua vida em perigo. Mariam deu à luz um total de 44 bebés, 6 gémeos, 4 conjuntos de trigémeos, 3 conjuntos de quádruplos e apenas 2 crianças nasceram sem uma “cópia”. Outros 6 faleceram. Mariam disse que não se arrepende e que ter filhos é uma bênção de Deus.

A única coisa que a perturba é que os seus filhos estão a crescer sem o pai. O seu marido costumava desaparecer por meses ou algumas vezes até anos e, eventualmente, acabou por os abandonar de vez. Ele nunca teve parte activa na educação dos filhos, excepto em dar os nomes, o que algumas vezes aconteceu por telefone. O filho mais velho, que tem 23 anos, diz que não vê o seu pai desde os 13 anos.

Mas Mariam não tem tempo para reclamar ou sentir pena de si mesma. Ela dedicou toda a sua vida a dar muito amor e carinho aos filhos e a fornecer-lhes tudo o que precisam para o futuro. A comida é uma das maiores despesas para a grande família, pois todos os dias eles precisam de 10 quilos de milho ou farinha de milho, 7 quilos de feijão e 4 quilos de açúcar.

Todos os seus filhos estudam. Uma das suas gémeas primogénitas tornou-se enfermeira e o outro tornou-se um construtor qualificado. “Espero que os meus filhos estudem porque todos têm grandes ambições de serem médicos, professores e advogados. Quero que eles alcancem esses sonhos, algo que não tive a oportunidade de fazer.” disse Mariam.

Para fazer face às despesas, Mariam teve que aprender muitas habilidades diferentes. Ela apanha ervas locais para as vender, faz bolos, assenta tijolos, faz tranças no cabelo de clientes, organiza e decora eventos e até faz penteados especiais para noivas. “Eu sei que essas crianças são um presente de Deus que eu tenho de valorizar, então tento dar o meu melhor para cuidar delas.”

O ex-jornalista da BBC Kassim Kayira ouviu falar de Mariam e visitou a sua excelente família. É também graças a ele que agora sabemos a sua história. Mariam tem uma mensagem para todos os pais na sua cultura: “Parem de vender as vossas filhas aos homens. Elas sofrem demais, e a perda do amor dos pais é algo de que nunca é possível recuperar completamente.”

“Continuarei a lutar para garantir que os meus filhos tenham sempre comida na mesa. Eu nunca vou abandoná-los, mesmo com o sofrimento para sobreviver diariamente”, disse esta mãe incrível. Na sua entrevista a Kassim, Mariam deu alguns conselhos a todos os homens: “Não esqueçam a vossa responsabilidade, porque o casamento é uma responsabilidade conjunta de criar os filhos”.

A vida para esta mulher tem sido muito dura e desejamos que todos os seus filhos se transformem em pessoas maravilhosas, esperamos também que um dia ela tenha a chance de se sentar, descansar e sentir o aroma das flores. Ela certamente merece.

Comentários
Loading...