Vitória histórica para os elefantes! China encerra fábricas e lojas de marfim

É uma fantástica notícia para os elefantes e que nos chega da China. As autoridades chinesas prometem banir o comércio de marfim e ajudar desta forma a salvar os elefantes. O gigante país asiático tem vindo a encerrar as suas lojas e fábricas que trabalham com este material. A primeira vaga encerrou já aproximadamente um terço de todas as lojas e fábricas, isto de acordo com a documentação tornada pública pela Administração Florestal Estatal da China.

A China anunciou a sua intenção de acabar com todas as vendas de marfim doméstico. O país é atualmente o maior no mercado mundial de produtos de marfim feitos de presas de elefante. Embora o comércio internacional seja proibido, até 30.000 elefantes são mortos ilegalmente todos os anos por causa das suas presas.

“Estas medidas mostram que a China está a trabalhar de forma séria no fim do comércio de marfim para ajudar os elefantes africanos”, disse Peter Knights, CEO da WildAid. “O preço do marfim caiu em dois terços dos seus máximos precedentes, então, agora é um mau investimento. Esperamos que as novas quedas nos aproximem do encerramento total proximamente.”

Um relatório publicado recentemente pela Save the Elephants mostrou que o preço por atacado das presas de marfim na China caiu para 650€ (US$730) por quilo, um declínio significativo em comparação com os números de anos anteriores, quando o marfim chegou a valer 1900€ (US$ 2.100).

Claro que, as campanhas de sensibilização têm vindo a dar frutos junto dos consumidores, mostrando-lhes o que significam as suas compras para os elefantes.

Estima-se que operariam 34 fábricas espalhadas por toda a China. 12 estão já encerradas. Destas, 10 também vendiam produtos ao consumidor final. Além disso, 45 de 130 pontos de venda licenciados já foram notificados da obrigação de encerrar portas.

Recentemente, a China prometeu pôr um fim à venda de marfim de elefante. A promessa tem vindo a cumprir-se: 67 fábricas de esculturas de marfim e lojas de venda a retalho em todo o país serão fechadas brevemente. Esta é uma grande notícia para os 30.000 elefantes mortos em África a cada ano por causa das suas presas.

Comentários
Loading...